Como instalar o WordPress manualmente

Ok, vamos lá.

Você decidiu criar um site ou blog, pesquisou como fazer e por diversos motivos, optou pelo WordPress.

Já posso te dizer que começou certo, de acordo com a W3Techs 33,4% de todos os sites do mundo são feitos em WordPress.

Isso quer dizer que o WordPress está no caminho certo (e você também).

Parabéns!

Mas antes…

É melhor eu te contar isso agora, pois você vai acabar descobrindo sozinho. As hospedagens tem instaladores automáticos, que fazem tudo que eu vou mostrar aqui, em apenas alguns minutos.

E você vai perguntar: “Então pra que vou ler tudo isso?”

Pois entender a estrutura da instalação do WordPress vai te ajudar na hora de otimizar seu site, seja por questões de velocidade, SEO, aprimoramentos, etc.

Tendo isso esclarecido, podemos começar 🙂

Conceitos Básicos

Antes de começar a instalar o WordPress, você precisa entender alguns conceitos básicos sobre sites em WordPress, são eles:

  • Domínio;
  • Hospedagem;
  • FTP;
  • Banco de dados.

São termos que podem assustar no início, mas você não precisa ser um especialista neles para instalar o WorPress.

Domínio

O domínio é um nome que serve para identificar seu site na internet. Ele é composto por um nome e uma extensão:

Nome: hourglass.
Extensão: .com.br

Você pode ver se um domínio está disponível e comprá-lo no Registro.br ou no Register.com. Em alguns casos, empresas de hospedagem também vendem domínios (fique atento aos valores).

Você pode ver se um domínio está disponível e comprá-lo no Registro.br ou no Register.com.

Hospedagem

O seu blog é composto por diversos tipos de arquivos, textos, imagens, vídeos, áudios e os arquivos do próprio WordPress.

Imagine que esses arquivos precisam estar disponíveis 24 horas por dia na internet, para que as pessoas possam acessá-lo.

Esse é o papel da Hospedagem, manter e disponibilizar esses arquivos para as pessoas.

No site da Hourglass eu uso a Weblink e recomendo muito, principalmente pelo suporte rápido e profissional que eles disponibilizam.

Weblink

FTP

FTP significa File Transfer Protocol e é simplesmente um tipo de conexão que permite a troca de arquivos entre o seu computador e a hospedagem.

“Mas por que eu preciso saber disso?” você vai perguntar.

Eu explico.

Você está todo empolgado com o seu site novo e depois de um tempo vai querer fazer algumas otimizações e se aventurar mais a fundo no WordPress.

É ai que você vai encontrar um monte de tutoriais falando para você acessar os arquivos do seu site por FTP.

O programa mais comum para acessar os arquivos do seu WordPress por meio do FTP é o FileZilla. Ele é gratuito e funciona no Windows, Mac e Linux.

O programa mais comum para acessar os arquivos do seu WordPress por meio do FTP é o FileZilla. Ele é gratuito e funciona no Windows, Mac e Linux.

Banco de Dados

O banco de dados é o local onde vão ficar salvos os registros do seu site.

Por exemplo: nomes de usuário, comentários, dados dos formulários de contato, etc.

O WordPress utiliza o banco de dados MySQL.

O WordPress utiliza o banco de dados MySQL.

E por enquanto é tudo que você precisa saber sobre bancos de dados, sim só isso.

Instalando o WordPress

Finalmente! Chega de enrolação né? Vamos instalar o WordPress!

Certo, vamos ver o que precisamos para fazer a nossa instalação do WordPress.

  1. Comprar um domínio;
  2. Contratar uma hospedagem;
  3. Redirecionar o DNS do domínio para a hospedagem;
  4. Criar o banco de dados MySQL;
  5. Fazer download dos arquivos do WordPress.
  6. Acessar o login e senha do FTP;
  7. Enviar os arquivos para a hospedagem, via FTP, utilizando o FileZilla;
  8. Acessar o assistente de configuração do WordPress.

1. Comprar um domínio

Esse é bem simples.

Acesse o Registro.br, crie uma conta, escolha um domínio disponível, pague e pronto.

2. Contratar uma hospedagem

Bem parecido coma compra do domínio.

Escolha uma hospedagem que lhe agrada, consulte preços, suporte, etc.

Digite os dados do seu cartão de crédito e está feito.

3. Redirecionar o DNS do domínio para a hospedagem

Caso você tenha comprado o domínio no mesmo lugar da hospedagem, essa etapa provavelmente não será necessária.

Caso tenha comprado no Registro.br ou outro lugar, você vai precisar redirecionar o DNS.

Primeiro, solicite na hospedagem contratada qual é o DNS.

Geralmente eles mostram isso logo de cara, mandam um e-mail e as vezes até fazem um post no blog. Caso não ache por conta, pergunte no atendimento via chat ou por e-mail.

Você vai ter de 2 a 4 DNS’s que vão se parecer com isso:

Master: ns1.weblink.com.br
Slave 1: ns2.weblink.com.br

Sabendo o Master e o Slave 1, já será suficiente.

Agora vamos direcionar o DNS.

Se você comprou o seu domínio no Registro.br, acesse a sua conta.

Selecione o domínio na lista do Registro.br
Selecione o domínio comprado.
Clique em alterar servidores DNS
Clique em alterar servidores DNS
Cole os DNS's nos campos correspondentes, salve e pronto!
Insira os DNS’s nos campos correspondentes, salve e pronto!

Agora toda vez que alguém entrar no seu domínio, ele vai mostrar os arquivos (que compõem o seu site) que a hospedagem disponibilizar.

Esse procedimento pode demorar um pouco (até 72h), é o que chamamos de migrar o DNS. Mas geralmente é bem rápido.

4. Criar o banco de dados MySQL

Acesse o painel da sua hospedagem e procure por uma área chamada “Bases de Dados MySQL” ou “Bancos de Dados MySQL”.

Você vai precisar decidir aqui 3 coisas:

  1. Nome do banco de dados;
  2. Nome do usuário MySQL;
  3. Senha;
  4. Servidor do banco de dados;

Observação: O nome do servidor do banco de dados pode ser diferente para cada hospedagem. Na maioria dos casos é ‘localhost’ ou ‘mysql’.

Criando um banco de dados

Pode ser qualquer coisa que você quiser, só lembre de salvar essas informações, vamos precisar delas em breve.

Clique em criar ou adicionar Bando de dados.

Pronto! Seu Banco de Dados MySQL está criado e nem doeu nada 🙂

5. Fazer download dos arquivos do WordPress

Nenhum segredo.

Acesse a página de download do WordPress e salve os arquivos no seu computador.

6. Acessar o login e senha do FTP

Da mesma forma que você conseguiu banco de dados, você vai pegar os acessos do FTP.

Na sua hospedagem deve ter uma área chamada “Arquivos”.

E lá dentro outra área chamada “Contas FTP”.

Área de arquivos da hospedagem

Já vai existir uma conta FTP geral criada, você só precisa mudar a senha dela.

Mudar a senha do FTP

Agora salve junto com as informações do banco de dados as informações do FTP:

  1. Nome de usuário;
  2. Senha;

7. Enviar os arquivos para a hospedagem, via FTP, utilizando o FileZilla;

Depois de instalar o FileZilla, abra-o.

Esta é a tela que você vai ver:

Tela Inicial do FileZilla
Tela inicial do FileZilla

Imagine que o seu servidor é um pendrive e você tem que colocar arquivos nele.

Para acessar os arquivos, vamos usar o login e senha de FTP que pegamos no painel

Host: é a url do seu site (ex.: ‘http://hourglass.com.br’).

Username: É o nome de usuário que salvamos antes

Password: É a senha que salvamos antes;

Port: 21.

Clique em conectar e pronto, você já está acessando os arquivos do servidor.

No lado esquerdo da tela estão as pastas do seu computador e no lado direito são as pastas da hospedagem.

Descompacte o arquivo do WordPress que você fez download antes.

  1. Navegue até a pasta onde estão os arquivos do WordPress;
  2. Selecione todos os arquivos da pasta;
  3. Arraste-os para dentro do servidor.

Agora é só aguardar os arquivos serem transferidos. Esse tempo pode variar bastante dependendo da velocidade da sua internet.

8. Acessar o assistente de configuração do WordPress.

Ok, agora a última parte.

Assim que os arquivos forem todos transferidos, acesse o seu domínio no seu navegador.

Essa é a página que você vai ver:

Escolha o Idioma da Instalação.
Escolha o idioma da instalação
Saiba as informações do seu Bando de Dados.
Saiba as informações do seu Bando de Dados. Aquelas que salvamos lá atrás, lembra?
Insira as informações do seu banco de dados nos locais definidos.

Não precisa alterar o “Prefixo da Tabela”.

Clique em instalar.
Clique em instalar.

Se as informações estiverem todas corretas é essa tela que você vai ver:

Insira as informações do seu site.
Insira as informações do seu site e clique em Instalar WordPress.

Insira o título do site, nome de usuário, senha e e-mail.

Essas informações podem ser alteradas depois, mas não esqueça seu login e senha, você vai precisar para acessar o painel de controle do WordPress.

Se você marcar ‘Visibilidade dos mecanismos de busca’ o seu site não vai aparecer nas buscas do Google, Bing e etc. Se é isso que você quer, selecione essa opção.

Pronto. Clique em ‘Acessar’.
Digite o nome de usuário e senha que você acabou de escolher e clique em Acessar.
Painel de administração do WordPress.
E fim! Esse é o Painel de Administração do WordPress.

Parabéns!!!!

Sua instalação do WordPress está concluída.

Conclusão

Instalar o WordPress manualmente não é tão simples pra quem nunca mexeu com programação, servidores e etc

Mas entender como acessar os arquivos do WordPress pelo FTP, onde fica o seu banco de dados e migrar o seu DNS, podem fazer diferença no futuro do seu site.

Espero que esse post tenha sido útil para você.

Escreva nos comentários o que achou e quais temas gostaria que eu abordasse nos próximos posts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *